Início » Artigos » Dor de Cabeça » Dor de cabeça ou enxaqueca?
dor de cabeça ou enxaqueca

Dor de cabeça ou enxaqueca?

Dor de cabeça é um sintoma muito frequente na população geral e esta entre as principais causas de consulta com neurologista e também de procura ao pronto socorro. Mas nem toda dor de cabeça é igual. Algumas são como uma sensação de peso, enquanto outras são latejantes ou ainda em facadas, dentre outras. Também existem grandes variações de intensidade, desde dores leves até muito intensas e limitantes. Outras característica que variam entre uma dor e outra são: localização, frequência e duração, respostas às medicações, sintomas associados, etc.

Com base nessas características, a grande maioria das dores de cabeça podem ser classificadas em algum tipo já conhecido. Entre esses tipos esta a enxaqueca e a cefaleia tensional, as formas mais comuns.

Ou seja, enxaqueca é um tipo de dor de cabeça, dentre muitos outros (são dezenas de tipos!).

Qual a diferença da enxaqueca para as outras dores de cabeça?

A enxaqueca, também conhecida com migrânea, não é a cefaleia (termo técnico para dor de cabeça) mais comum mas é tão conhecida por ser a mais diagnosticada e muito limitante. Uma de suas principais característica é sua intensidade: são moderadas a fortes. Ou seja, as crises de dor causam grande incômodo e atrapalham as atividades do dia-a-dia.

Além disso, a dor de cabeça da enxaqueca tem características clássicas. Acontecem em episódios que duram várias horas, costumam ser unilaterais e são descritas como pulsátil ou latejante. É comum que os paciente se queixem de que a dor piora com a luz ou melhorem no escuro e no silêncio, o que chamamos de fotofobia e fonofobia. Náuseas e vômitos e até tonturas podem acompanhar a dor.

Aura é um sintoma que antecede a dor de cabeça. Geralmente são alterações visuais.
Aura é um sintoma que antecede a dor de cabeça. Alterações visuais como da foto estão entre as mais comuns.

Um sintoma que distingue a enxaqueca das demais cefaleias e que pode até assustar quem apresenta é a aura. Na enxaqueca clássica, a pessoa pode apresentar manifestações que antecedem ou acompanham a dor, como alterações visuais em que o paciente pode ter pequenas áreas de perda visual (escotomas) ou em que vê pontos brilhantes (escotomas cintilantes). Esses sintomas podem se expandir e atingir todo o campo visual periférico. Geralmente melhoram quando a dor aparece.

E os outros tipos de dor de cabeça?

Existem dezenas de tipos de dor de cabeça, que fogem do objetivo desse artigo mas você pode procurar mais informações aqui. Cada um deles tem características próprias e podem ter tratamentos muito diferentes um do outro. O neurologista é o médico especializado para fazer o diagnóstico correto, orientar e instituir o tratamento indicado.

Se você tem dúvidas, deixe nos comentários abaixo. Você também pode entrar em contato ou agendar sua consulta online ou por WhatsApp.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima