acidente vascular cerebral é uma emergência médica

O que é AVC?

AVC já virou sigla comum em textos e conversas de saúde e até da população geral. Mas o que exatamente significa essa sigla? E mais importante: o que é essa doença tão séria, que acomete milhões de brasileiros todos os anos? Nesse artigo, vou tirar essas e outras dúvidas sobre o Acidente Vascular Cerebral.

Acidente Vascular Cerebral

Para começar, você já ter percebido que o significa a sigla AVC: Acidente Vascular Cerebral. Esse nome se refere ao mecanismo e localização afetada pelo AVC. Ou seja, é uma doença que acomete os vasos do cérebro. Mas na verdade é possível ter AVC em outras localizações onde também temos neurônios e que não fazem parte do cérebro propriamente dito, como o cerebelo, o tronco cerebral, a medula espinhal e até a retina.

AVC ou AVE?

Por esse motivo, foi proposta uma mudança na nomenclatura, de AVC para AVE, significando Acidente Vascular Encefálico, que embora ainda não seja o ideal, representa um pouco melhora as áreas afetadas pela doença. No entanto, você provavelmente ouve falarem mais de AVC do que de AVE e isso não quer dizer que as pessoas estão desatualizadas!

Acontece que no Brasil ainda há muito desconhecimento sobre o AVC. Apenas uma pequena proporção da população reconhece sua gravidade e procura atendimento imediato. E cada um chama o que entendemos como AVC de uma forma diferente. Isso já foi avaliado em um estudo que mostrou que há 28 formas diferentes de chamar a mesma doença, incluindo derrame cerebral. Então, para tentar uniformizar, AVC continua sendo a principal forma de se referir a essa entidade médica.

O que é AVC?

O acidente vascular cerebral (AVC) é uma doença neurológica e do sistema circulatório em que há comprometimento do fornecimento de sangue para alguma parte do sistema nervoso. Pode ser resultado de uma oclusão de uma vaso sanguíneo, quando chamamos de AVC isquêmico, ou de extravasamento espontâneo de sangue, quando chamamos de AVC hemorrágico.

Como o próprio nome sugere, geralmente acontece de forma súbita. A pessoa pode estar fazendo qualquer atividade e de repente desenvolve os sintomas de AVC, dentre eles:

  • Fraqueza em um lado do corpo (hemiparesia)
  • Dormência em um lado do corpo (hemi-hipoestesia)
  • Paralisia de um lado do rosto, com desvio da boca (paralisia facial)
  • Alteração de fala (disartria)
  • Fala confusa ou dificuldade de se expressar (afasia)
  • Alteração de visão
  • Tontura, vertigem, desequilíbrio
  • Falta de coordenação, como dificuldade para pegar objetos
  • Dor de cabeça muito forte e de instalação súbita
  • Crises convulsivas

Como reconhecer um AVC?

Um AVC deve sempre ser suspeitado em caso aparecimento repentino de qualquer um dos sintomas acima. O mnemônico SAMU pode te ajudar:

  • Sorriso – peça a pessoa para sorrir e perceba o rosto torto
  • Abraço – peça para levantar os braços para ver se algum esta mais fraco ou pesado
  • Música – peça para cantar uma música ou falar uma frase e observe se consegue normalmente
  • Urgente – procure ajuda com urgência!

Saiba tudo sobre Acidente Vascular Cerebral – Sintomas, causas, prevenção e tratamento

2 comentários em “O que é AVC?”

    1. Dr. Luiz Fernando Rodrigues de Oliveira

      Olá. Depois de um AVC ou AVE, a pessoa precisa fazer reabilitação para tentar recuperar os problemas causados pelo AVC, como fraqueza, dificuldade de fala, desequilíbrio, etc. Muitos podem ter melhora completa enquanto outros melhoram menos. Mas a resposta de cada paciente depende de muitas variáveis, como tipo de AVC, localização e tamanho, idade, fisioterapia, etc. O neurologista dela poderá orientar melhor o tratamento. Espero ter esclarecido e fico à disposição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima